Europa, Final Girl, Latitude + Longitude POP

A Paris de Amélie Poulain e Satine

 

O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é um dos meus filmes favoritos. É uma obra-prima do cinema francês e um exemplar da magia cinematográfica proposta pelo diretor Jean-Pierre Jeunet.

Para quem não conhece o filme muito bem, ele foi filmado quase em toda sua totalidade no bairro de Montmartre, que é considerado um dos destinos mais charmosos da capital francesa, localizado ao norte de Paris, no chamado bairro 18.

Voulez-vous coucher avec moi, ce soir

O mais bacana sobre esse lugar é que você não vai esbarrar somente na Amélie. Você pode encontrar a Satine, de Moulin Rouge. O famoso cabaré parisiense divide a atenção dos visitantes que buscam referências do longa protagonizado por Audrey Tautou. O Moinho Vermelho (Moulin Rouge) foi inaugurado em  1889 e é um dos lugares mais importantes da noite de Paris. Celebrado pelos boêmios, ainda preserva espetáculos que remontam o período áureo da casa.

800px-moulin_rouge_dsc07334

 

 Moulin Rouge >>>> 82 Boulevard de Clichy.

La valse d’ Amélie

Depois de passar pelo Moulin Rouge, vamos atrás dos destinos da nossa heroína parisiense Amélie Poulain.  A primeira parada  é o edifício que serviu de locação para a sua casa.

amelie-window

Quem quiser conhecer, o prédio fica localizado na Rue de Trois Freres. Mas só o lado exterior fica em Montmartre. O interior do apartamento foi gravado em estúdio, na Alemanha.

amelie1

E você que nem legume é…

A banca do vizinho de Amélie, o senhor Collignon, fica exatamente na esquina do prédio onde a personagem vive.

amelie2

Vá até lá atrás de alcachofras… Pois elas têm mais coração do que algumas pessoas. Não  esqueça de mergulhar sua mão em um saco de cereais. Os pequenos prazeres da vida da senhorita Poulain.

amelie-small-pleasures

105267_l-epicerie-collignon

cafc3a9_des_2_moulins

O Café des 2 Moulins, depois do sucesso do filme, tornou-se um dos pontos mais visitados do bairro. Localizado no encontro da Rue Lepic com a Cauchois, o bar está sempre cheio de turistas atrás de uma lembrança de sua mais famosa garçonete. Quem não gostaria de entrar e tomar um conhaque com o fracassado escritor Hipólito ou ouvir as histórias de madame Susanne?

amelie-sorriso-1

O começo

A cena inicial onde a mãe de Amélie morre, vítima de um acidente trágico, foi filmada na Catedral de Notre Dame.

screen-shot-2015-04-14-at-10-35-49-pm

O lugar dispensa apresentações. A catedral é uma das mais importantes de Paris. A sua construção iniciou no ano 1169. Em estilo gótico, o prédio foi dedicado a Maria, a mãe de Cristo. O mais bacana sobre esse ponto turístico parisiense é que Notre Dame foi construída na Praça de Parvis, que fica na Ilha Île de la Cité, que é rodeada pelo Rio Sena.

1920px-notre_dame_de_paris_on_c38ele_de_la_citc3a9_-_july_2006

Voltando a Montmartre

A cena inicial do longa foi filmada na Rue St. Vincent.  

f0fb21c2789e60d55e8c54e7061cd12a

A cena final, onde Nino e Amélie andam de moto também foi gravada por aqui.

screenshot_14

A Avenue Trudaine é o lugar onde um homem se despede de um amigo antes de sermos apresentados a história de Amélie. Na janela, ao fundo, pode-se ver a Catedral Sagrado Coração.

tumblr_m3t81ubmyb1rvhjgto1_500

p1150253_paris_ix_avenue_trudaine_rwk

tumblr_m48w69fiks1rvhjgto1_500

O pai de Amélie trabalha no spa, em Enghien- les – Bains, ao norte de Paris.  O lugar  abriga o único cassino em atividade de Paris.

1024px-enghien-les-bains_-_les_thermes_02

enghienlesbainsquaicasino

A casa do pai de Amélie localiza-se na cidade de Eaubonne, ao norte da França. E é claro, o anão de jardim também vive por lá, o qual já viajou mais do que eu.

O Canal St. Martin é o lugar onde Amélie costuma jogar pedras para passar o tempo. Ele se estende entre o 10º e 11ºarrondissements. Inicialmente destinado para levar água potável para a cidade, hoje é um ponto turístico muito procurado.

amelie-s-martin

A cena onde Amélie vai ao cinema foi gravada no Studio 28, uma das salas de exibição mais tradicionais do bairro Montmartre. Localizada na Rue Tholoze, o local era ponto de encontro de diretores, como o espanhol Luis Buñuel.

cinema_studio_28_slider3-900x380

19022642

A casa dos pais do quitandeiro Collignon fica em Arcueil, uma comuna francesa. De lá pode-se ver o Aqueduc de la Vanne, aqueduto que leva água potável para a capital francesa.

amelie

amelie11

A estação de metrô onde Amélie conhece Nino é a Abbesses. Localiza-se na linha 12 de metrô, em Montmartre.

800px-abesses_entrance_1

Outra estação presente no longa é a de Lamarck-Caulaincourt, lugar onde Amélie deixa o personagem deficiente visual, depois de descrever todo o percurso para ele.  Também localizada em Montmartre,  começou a funcionar em 1912.

Outra cena do longa se passa na estação  La Motte-Picqet-Grenelle. É onde Amélie vê os cartazes de Nino. Se você quiser visitá-la, o seu destino é  o 15th arrondissement.

A estação onde Nino perde o seu livro de fotos é a Gare du Nord. É a mais movimentada da Europa. Além de possuir conexão local com o metrô, é também o destino de quem viaja para outros países da Europa a partir de Paris.

Amélie entrega a caixa que encontrou com preciosidades da infância para o dono na Rue Mouffetard, localizada no famoso  Quartier Latin.

street_market_rue_mouffetard_st_medard_dsc00727

bi8faw7wnph82l7okuzlfeuko1_500

O lugar um tanto curioso onde Nino trabalha, o sex shop Palace. Fica na Boulevard de Clichy. Nessa rua localiza-se o Moulin Rouge.

tumblr_n3qa99h03g1tus777o2_1280

Nas colinas de Montmartre, na Catedral Sacré Cœur (Sagrado Coração), é onde Amélie entrega a pasta de fotografias de Nino. De lá, é possível ter uma visão espetacular de Paris. O mais engraçado que a música que toca quando o Nino desce feito um doido pelas escadarias para alcançar a Amélie foi meu toque de celular por uns dois anos.

9-a-famosa-basilica-de-sacre-coeur-aparece-nas-cenas-externas-do-filme-amelie-poulain-alem-de-outras-paisagens-da-cidade-de-paris-franca-1436623795962_800x435

amelie69

Era isso por hora. Próxima vez que Paris for seu destino, não deixe de conhecer Montmartre. Au revoir, Shoshanna... digo… Amélie.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s