Sem categoria

Um lugar chamado Elizabethtown

Cameron Crowe é um dos meus diretores favoritos. Ele dirigiu longas-metragens tão bacanas. E hoje eu gostaria de falar sobre o meu exemplar favorito: Tudo acontece em Elizabethtown. Lançado em 2005 e estrelado pelos fofos Orlando Bloom (magya) e Kirsten Dunst, o filme fala sobre Drew, um designer de sapatos que acaba sendo responsável pelo fracasso milionário da empresa onde trabalha e resolve se suicidar. No meio do processo, recebe a ligação de sua irmã contando-lhe que seu pai morreu. Drew precisa então desistir de seu plano e ir representar a família em Elizabethtown, uma cidade do Kentucky, onde seu pai faleceu. Durante sua jornada ele conhece Claire, uma comissária de bordo que o ajuda a lidar com o processo.

Drew sai lá de Oregon e vai pro Kentucky, aprende a pronunciar corretamente o nome da cidade de Louisville, não acha a estrada 60B e etc… E vai parar nessa pequena cidade, cheia de parentes irritantes legais. Mas a pergunta que eu faço é a seguinte: Será que Elizabethtown existe mesmo?

Siiiim. Esse lugar existe. É uma cidade de quase 30.000 habitantes. Algumas filmagens aconteceram mesmo na cidade.

Mas a maioria das filmagens foram feitas em Versailles, uma outra cidade do Kentucky…

O hotel onde Drew estava hospedado também existe. É o The Brown Hotel, em Louisville.

As cenas onde o pai de Drew é cremado foram gravadas no Cave Hill Cemetery, em Louisville.

O lugar faz parte da história do Kentucky,

As cenas do aeroporto foram feitas no aeroporto John Waine, em Santa Ana, Califórnia.

A cena em que Claire e Drew se encontram para ver o nascer do sol fica no Otter Creek Park, em Bradenburg, Kentucky.

Sabe quando Claire chega gloriosa no aeroporto de Nashville? Pois é, essa cena foi gravada no metrô de Los Angeles.

31_etnashvilleairportsign

Na segunda parte do filme, Claire faz um guia pra Drew poder aproveitar ao máximo sua viagem de volta para Portland. Ela prepara a trilha sonora (ouça as músicas do filme), e os lugares que o personagem deve visitar no caminho.

Em Memphis, Tennessee, terra do Justin Timberlake e da famosa casa do Elvis Presley, Graceland, Claire sugere que ele faça uma parada no bar Earnestine & Hazels, um lugar que era frequentado por gente como  B.B. King, Tina Turner, Aretha Franklin, Ray Charles, entre outras lendas.

Ali perto está o The Lorraine Motel, onde faleceu Martin Luther King.

Seguindo viagem, em Eureka, Arkansas, visita a estátua, chamada Christ of the Ozarks.

Ele visita também o Dinosaur World, um parque já fechado há alguns anos, em Beaver, Arkansas.

Em Oklahoma, Claire sugere que Drew visite a árvore sobrevivente (the survivor tree). Esse lugar é muito especial. É um memorial para as vítimas do ataque terrorista, ocorrido em 1995.

E a segunda maior feira do mundo, onde Drew e Claire se encontram? Ela não existe na verdade. 🙂

Esse foi um breve roteiro do maravilhoso Tudo acontece em Elizabethtown. Para aproveitar a jornada, deixo aqui a trilha sonora do filme. Enjoy the ride.

Anúncios

1 thought on “Um lugar chamado Elizabethtown”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s